Menu Principal

terça-feira, 12 de maio de 2015

PF Edital para perito e delegado será publicado no segundo semestre

A intenção é de que a publicação dos editais ocorra no segundo semestre, com aplicação das provas prevista para o início de 2016



Está cada vez mais próxima a realização do concurso público da Polícia Federal (PF) para os cargos de delegado e perito, anunciados em março pelo órgão. Segundo responsáveis pelo setor de recrutamento e seleção da corporação, na última semana o processo do concurso retornou à PF para que fossem atualizadas as informações do impacto financeiro das novas contratações. A atualização já foi feita e encaminhada para análise junto ao Ministério da Justiça, que repassará as informações ao Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG), último passo para que possa ser dado início ao processo de elaboração dos editais.
Com isto, segundo os responsáveis pelo setor de recrutamento, a intenção é de que a publicação dos editais ocorra no segundo semestre, com aplicação das provas prevista para o início de 2016.
Ao todo serão oferecidas 558 oportunidades, sendo 491 para delegado e 67 para perito. Para concorrer a perito é necessário possuir curso de nível superior em áreas específicas e para delegado, superior em direito, com pelo menos três anos de atividade jurídica ou policial, comprovados na data da posse. As remunerações iniciais para estas carreiras, atualmente, são de R$ 16.830,85, com jornada de trabalho de 40 horas semanais.
De acordo com o decreto 8.326, publicado pela presidente Dilma Rousseff, em 10 de outubro de 2014, a realização de concursos para as carreiras policiais não depende mais de autorização por parte do MPOG, podendo ocorrer assim que constatada a necessidade de pelo menos 5% do total de servidores. Porém, o decreto determina que o órgão encaminhe um documento ao Ministério do Planejamento, no sentido de consultar as condições orçamentárias, processo que já está em fase final, com o reenvio do processo ao Ministério da Justiça  na última semana.
Assim como no último concurso da Polícia Federal para estes cargos, o preenchimento das vagas será prioritariamente nos postos de fronteira e nos Estados do Acre, Amapá, Amazonas, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Pará, Rondônia e Roraima, permitindo a remoção de servidores que já atuam nestas localidades. Obedecida estas condições, o preenchimento também pode ser feito em todos os estados, de acordo com as necessidades. As provas costumam ser aplicadas em todas as capitais e no Distrito Federal, exceto o exame oral, que ocorre somente em Brasília (DF). 
Fonte: A Tribuna On-Line


COMECE JÁ A SUA PREPARAÇÃO.



 
ASSCCON DO BRASIL Sobradinho on MisterWhat